Erik Mayrink vence as 500 Milhas de Kart com a AmericaNet

Atualizado: 22 de fev. de 2021

Agora bicampeã das 500 Milhas, após um título em 2016 e duas poles conquistadas (2017 e 2019), a equipe Americanet Car Racing KTF fez história no Kartódromo Granja Viana ao vencer as três categorias em disputa neste ano: a principal, com o kart 85, a B, com o 185, e a Thunder Light, com o 385. Os pilotos desbancaram times liderados por grandes estrelas da F1 e Indy, como Rubens Barrichello, Felipe Massa, Nelsinho Piquet, Lucas di Grassi, Antonio Pizzonia, Vitor Meira e outras estrelas do esporte a motor.

Com nada menos de 65 karts e mais de 250 pilotos envolvidos, as 500 Milhas deste ano serviram como fecho de ouro para a KTF, que inscreveu oito karts e venceu todas as três categorias em que a corrida se divide.


Para conquistar tal triunfo, a equipe reuniu pilotos como Sérgio Sette Câmara, o único brasileiro hoje em condições de ingressar na Fórmula 1, Diego Nunes, destaque da Stock Car, Guilherme Salas, campeão antecipado da Stock Light, Erik Mayrink, também da Stock Light, os irmãos Leonardo e Rafael Reis, ambos campeões brasileiros de kart, e Alberto Cattucci, que conquistou a pole position batendo nomes como Rubens Barrichello, Nelson e Pedro Piquet, o campeão mundial de kart de 1998 Ruben Carrapatoso, Felipe Massa, Lucas di Grassi, Caio Collet, entre outros de igual grandeza.


“É um dia histórico para todos nós, nunca um time venceu as três categorias das 500 Milhas de Kart no mesmo dia: na principal, na B e na Thunder Light. Quero muito agradecer a todos os parceiros da Car Racing, em especial a Americanet e KTF por acreditarem neste projeto que começou há seis anos” diz Leandro Reis, chefe da equipe Americanet Car Racing KTF.


Ao todo, 26 pilotos participaram da conquista histórica dos três títulos das 500 Milhas de Kart em 2019. Divididos em 8 karts, estavam Enzo Bortoleto, Gabriel Bortoleto, Rafael Reis, Leonardo Reis, Sérgio Sette Camara, Alberto Cattucci, Lucas Sousa, João Cunha, Rodrigo Dantas, José Ricardo Oliveira, Guilherme Salas, Diego Nunes, Peterson Nakamura, Antônio Junqueira, Yuri Alves, Johnny Silva, Dudu Godinho, Alexandre Trita, Alessandro Giardelli, Erik Mayrink, Otto Rezende, Diego Losov, Rodrigo França, Lucas Zanchet, Gabriel Rosa e Hugo Rodrigues.